Depoimentos de estudantes: Dao Ngoc An

Dao Ngoc An

Graduada na Escola de Ikebukuro.
Kyoritsu Maintenance Co., Ltd.

Mesmo no Vietnã, a hospitalidade japonesa é considerada maravilhosa. Depois de me formar em turismo na universidade no Vietnã, trabalhando meio período em um restaurante japonês, comecei a pensar que realmente queria aprender sobre a hospitalidade japonesa, e em abril de 2018 vim para o Japão.
Eu estudei japonês na Escola de Ikebukuro enquanto trabalhava em tempo parcial entregando jornais à manhã e à tarde. Fiz o meu melhor tanto no estudo como no trabalho e tive quase 100% de frequência escolar, sem faltar ao meu trabalho em part-time. Acredito que ao planejar cuidadosamente o seu dia-a-dia, você pode ter o poder de fazer tudo o que você se propôs a fazer.
Comecei a minha procura de emprego assistindo a um briefing. Ao mesmo tempo, fiz uma aula eletiva de busca de emprego na escola, onde aprendi coisas como boas maneiras nos negócios e como escrever um currículo. Escrever minha introdução pessoal e minhas motivações foi difícil, mas o professor me ensinou pacientemente. A parte mais difícil da procura de emprego foi escolher a qual das muitas empresas candidatar.
Uma vez que nem todas as empresas recrutam estrangeiros, é importante saber como identificá-las. Os professores da escola, incluindo minha irmã mais velha que já tem um emprego no Japão, me ajudaram, recebendo minhas consultas com entusiasmo e me dando conselhos. Para a busca de emprego, acho que é bom se preparar o suficiente, consultando pessoas com muita experiência, como professores.
Quando fiz a entrevista não estava nervosa Eles elogiaram o meu sorriso, acho que isso pode ser um atrativo ao interagir com clientes que trabalham em um hotel. Quando recebi uma oferta de emprego, fiquei surpreendida mas feliz. Embora eu não estivesse confiante de que minhas habilidades japonesas fossem suficientes, quando recebi uma oferta de emprego, aquele sentimento mudou e eu disse a mim mesma que tinha que tentar não desistir.
No hotel estou aprendendo a hospitalidade japonesa, enquanto adquiro o conceito de responsabilidade, que me ajudará a poder atender qualquer tipo de cliente, e no futuro também quero poder ensinar aos novos trabalhadores tudo o que estou aprendendo. Agora, além do japonês, estou estudando inglês, o que me permitirá oferecer um serviço aos clientes em vietnamita, japonês e inglês. Também, um dia, eu gostaria de exportar o espírito japonês de hospitalidade para o Vietnã.

top